Um jovem de 21 anos teve que imobilizar o pai, de 55, para evitar que ele agredisse a ex-esposa, mãe do rapaz, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Fotos feitas no local, mostram o filho ajoelhado sobre o investigado, pressionando um dos braços dele contra o chão para que não pudesse se levantar.

O g1 entrou em contato com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), por mensagem às 7h22 desta segunda-feira (18) para saber se o homem continua detido ou se foi liberado. A reportagem não conseguiu descobrir quem representa o investigado para pedir uma posição sobre o caso.


Fonte: G1